Dicas para seu negócio não cair na crise – corte de custos

No último post, falamos da importância do fluxo de caixa, uma das ferramentas mais conhecidas nos negócios do mundo, também chamada de cash flow.
Partindo do fluxo de caixa e as análises financeiras, os empresários começam a visualizar os custos, e nesses momentos turbulentos de crise em nosso País, o ideal é “puxar as rédeas” e controlar; uma das premissas é o corte de custo; cuidado! a redução ou eliminação, também faz parte do planejamento.
Vou dar um simples exemplo: Estive em um famoso café na minha cidade, que por sinal de altíssima qualidade, gourmet e todo o luxo possível, geralmente faço o mesmo pedido: a bebida e algo para comer. Pois bem, logo no pedido percebi que o cardápio teve alteração no layout e inclusivo nos valores, mas tudo bem o produto é bom! Na comida percebi também que houve o aumento do preço e redução de dois dos itens que acompanhavam o produto, não gostei!
Logo nesta situação pensei, “é a crise”, aumentaram o preço e reduziram a quantidade.
Se pensam que isso resolve, tenho minhas dúvidas, entendo que não!, eu já não sei se retornarei neste local.
O quero expor com o exemplo é que o planejamento das reduções e cortes, não podem deixar seus cliente insatisfeitos, em nossos dias com diversas opções e negócios muitos parecidos a fidelização não é muito comum.
Assim o planejamento de caixa que influencia nos produtos ou serviços, deve ser muito bem estudado e estruturado, pois o cliente é o item fundamental nos negócios e não podemos inviabilizar a sua permanência nos estabelecimentos comerciais e nos serviços prestados.
Então fica a dica, planeje o corte de custos, pense em coisas desnecessárias, analisem o seu fluxo de caixa; analise a telefonia, planos de internet, serviços tomados de terceiros, prazos de fornecedores, custo dos produtos comprados (não esqueça da qualidade na hora da decisão) entre outros diversos itens, que desde que esses analisados e comparados mês a mês, darão uma visão de tomada de decisão, negocie e se no final não conseguir manter o preço praticado, o que restara é realmente atualizar os valores.
Bons negócios.

por marcelocaixeta

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s